A Sessão de Entrega do Prémio Eduardo Lourenço ao professor de literatura, tradutor, crítico literário e escritor Antonio Sáez Delgado, está programada para esta tarde, pelas 18.00 horas, na Sala Tempo e Poesia da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, na Guarda.


 A sessão conta com intervenções de Álvaro Amaro, Presidente da Câmara Municipal da Guarda e Membro da Direcção do Centro de Estudos Ibéricos, João Gabriel Silva, Reitor da Universidade de Coimbra, Mariano Esteban de Vega, Vice-Reitor da Universidade de Salamanca, em representação do Reitor, que presidiu a esta edição do Prémio e Eduardo Lourenço, Director Honorífico do Centro de Estudos Ibéricos.
O Elogio ao Premiado estará a cargo de João Tiago Pedroso de Lima e Margarida Almeida Amoedo, da Universidade de Évora.
António Sáez Delgado é professor de Filologia Hispânica na Universidade de Évora, tendo-se destacado pela tradução de grandes vultos da cultura portuguesa contemporânea como Fernando Pessoa, António Lobo Antunes, Manuel António Pina, José Gil e Teixeira de Pascoaes, entre outros. Considerado o especialista do Modernismo na Península Ibérica, António Sáez Delgado é um investigador raiano que cruza fronteiras há mais de uma década.
 O Júri decidiu atribuir o Prémio a António Sáez Delgado pelo seu relevante papel no âmbito da cooperação e da cultura ibéricas, realçando as facetas de mediador cultural, escritor, investigador e professor, que o colocam na vanguarda deste campo da Cultura. De referir, igualmente, o seu trabalho enquanto Director da Revista de Literaturas Ibéricas “Suroeste”.
 O Prémio anual, que tem o nome do ensaísta Eduardo Lourenço, mentor e Director honorífico do CEI, destina-se a galardoar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cultura e cooperação ibéricas.