Guarda

A Solenidade do Corpo de Deus, que se celebra na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, costuma motivar expressões de devoção popular, nomeadamente na Procissão Eucarística pelas ruas das povoações. Os tapetes de flores e as colchas nas janelas são exemplo da devoção e do amor do povo à Eucaristia.Num ano em que as procissões estão proibidas, a data não passou despercebida em muitos lugares da região da Guarda. Para marcar o dia de Corpo de Deus houve aldeias que enfeitaram as entradas das Igrejas com autênticos tapetes de flores. Tradições simples mas com profundo sentido espiritual e grande beleza visual.