Núcleo Regional do Centro


A Liga Portuguesa Contra o Cancro - Núcleo Regional do Centro assinala o Dia Internacional da Mulher, 8 de Março, através da sensibilização para a prevenção dos cancros mais incidentes na mulher e da realização de um ciclo de Workshops.
Os workshops serão hoje e amanhã, 7 e 8 de Março, nas várias extensões do Movimento Vencer e Viver - Movimento de apoio à mulher, familiares e amigos, desde que é diagnosticado um cancro da mama.
Os Workshops, que vão decorrer em Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Covilhã, Guarda, Leiria e Viseu, são gratuitos e presenciais e envolvem voluntárias, utentes e profissionais e incidem sobre temáticas como a sexualidade, cuidados de beleza, micropigmentação, exercício físico, linfedema, recuperação pélvica, expressão dramática, entre outros.
Dos 60.467 novos casos de cancro diagnosticados em Portugal em 2020, 26.673 (44%) eram mulheres. A Organização Mundial da Saúde dá conta de que o cancro da mama, colorretal, pulmão, tiróide e do colo do útero são os cinco tipos de cancro mais comuns em mulheres. Nota ainda para o cancro do ovário que, não sendo dos mais incidentes, é “silencioso” e o seu diagnóstico é, normalmente, realizado em estádios avançados, pelo que se aconselha uma vigilância regular pelo ginecologista.
A Liga Portuguesa Contra o Cancro lembra que “existem, no entanto, formas de condicionar o aumento de novos casos de cancro. Sabe-se que cerca de 40% dos cancros podem ser prevenidos com mudanças no estilo de vida e a participação em programas de rastreio”.
Aponta o cancro da mama, o cancro colorretal, o cancro do pulmão, o cancro da tiróide e o cancro do colo do útero, como os cinco cancros mais comuns na mulher.