Iniciativas de solidariedade vão abranger o território nacional

A Fundação “Nova Era Jean Pina”, presidida pelo empresário da região da Guarda sediado na zona de Paris, entregou esta semana calçado de mulher e criança para que possa ser distribuído a famílias acompanhadas através da área Social do Município de Mangualde.A iniciativa acontece no seguimento do protocolo de colaboração assinado em 2020, entre a Fundação e o Município de Mangualde, que visa, entre outras atividades, a divulgação das iniciativas deste Município em França, nomeadamente na Região de Paris (eventos empresariais e ou outros), bem como, a ajuda efetiva na cedência de bens alimentares, roupa ou outros bens angariados em França por esta Fundação.“Mais do que um protocolo de partilha e de entreajuda solidário para quem mais precisa, estes gestos de nobreza enriquecem os territórios pela nobreza das pessoas”, considera a Vereadora da Acção Social do Município de Mangualde.João Pina, Presidente da Fundação adianta que “existe um relacionamento estreito, mesmo antes da constituição formal da Fundação para com este Concelho e os seu Executivo Camarário”. Os bens agora angariados, calçado novo e seminovo, foram cedidos na sua maioria pela empresa dos arredores de Paris “Nathaly´s” de Nathaly Francisco e transportados gratuitamente desde França pela empresa” MTI” de Jean Michel Machado.  As questões logísticas do calçado e embalagem foram tratadas por Lu Miranda, outro dos elementos da Direcção da Fundação. João Pina refere ainda que “estão a ser organizadas outras iniciativas que serão conhecidas num futuro próximo e que terão como objetivo apoiar outras localidades de Portugal. “A ideia não é deixar de apoiar o meu concelho, a Guarda, mas é acima de tudo conseguir responder aos múltiplos pedidos que diariamente chegam à Fundação”, explica João Pina. E acrescenta: “Alargaremos os apoios a outras regiões de Portugal que neste momento se vêm confrontadas com um elevado número de desempregados, onde as assimetrias sociais estão cada vez mais proeminentes, fruto da pandemia que assola o mundo”.Ainda, no final deste mês será entregue, na Guarda, a terceira tranche de alimentos à Aldeia SOS, de acordo com o protocolo que a Fundão estabeleceu com esta Associação que acolhe crianças mais vulneráveis.