Gastronomia


O Guia Boa Cama Boa Mesa, do Expresso, anunciou os grandes vencedores dos prémios relativos a 2023, em que Casas do Côro (Marialva, Mêda) e Casa de São Lourenço (Manteigas) mantiveram a Chave de Ouro e Chave de Prata, respectivamente.
Na cerimónia de entrega de prémios do Guia Boa Cama Boa Mesa, que decorreu no dia 28 de Março, no Edifício Impresa, em Paço de Arcos, foram atribuídas 30 distinções (Chave de Platina, Ouro e Prata) a alojamentos e 32 distinções (Garfo de Platina, Ouro e Prata) a restaurantes.
A entrega do Prémio Carreira, a Justa Nobre, e de Chef do Ano 2023, a Vasco Coelho Santos, também distinguido com um Garfo de Ouro, relativo ao restaurante Euskalduna Studio, foram os momentos altos da cerimonia, que contou com a presença do secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda. Recorde-se que entre os quatro finalistas do prémio Chef do Ano 2023 estavam também Henrique Sá Pessoa (vencedor no último ano e Garfo de Ouro, com o restaurante Alma), José Avillez (Garfo de Platina, com o restaurante Belcanto) e Marlene Vieira (vencedora na categoria Revelação).
Casas do Côro (Marialva, Mêda) e Casa de São Lourenço (Manteigas) mantiveram a Chave de Ouro e Chave de Prata, respectivamente.
A Pousada Convento de Belmonte e o Restaurante Vallécula (Valhelhas, Guarda) foram agraciados com o Prémio Mérito 20 Anos, que distinguiu alojamentos e restaurantes que estiveram presentes em todas as edições do Guia Boa Cama Boa Mesa desde 2003.