Proposta aprovada por unanimidade

A Câmara Municipal da Guarda aprovou, por unanimidade, na reunião de segunda-feira, 24 de Agosto, a proposta de “procedimento regulamentar para elaboração e aprovação do regulamento de atribuição de bolsas de estudo a alunos do ensino superior do município da Guarda – fase de instrução – projecto a submeter a discussão pública”. O presidente da Câmara da Guarda explicou que o projecto pretende “apoiar alunos que não têm condições económicas suficientes para estar, de uma forma estabilizada, no ensino superior”. Carlos Chaves Monteiro adiantou que vai ser lançado um projecto regulamento para discussão pública “com o objecto principal de apoiar e financiar até ao valor de 1500 euros, entre 10 a 20 bolsas de estudo, para estudantes ao ensino superior do Instituto Politécnico da Guarda”. Para usufruir da bolsa, os candidatos têm de residir na Guarda pelo menos há quatro anos ou serem naturais da Guarda. Com esta medida, o Municipio pretende “ajudar alunos com capacidade de desenvolver as suas aptidões ao nível do ensino superior” e que muitas vezes, por dificuldades financeiras, não o podem fazer.Carlos Chaves Monteiro explicou que “o Município procura também, desta forma, colmatar uma falta de rendimento do agregado familiar” de maneira a facilitar a vida aos estudantes do ensino superior. Sobre este ponto, o vereador do PS Manuel Simões disse que “é bem-vindo” todo o investimento feito nos jovens, mas lembrou que “também é necessária a existência de capacidade na região para a elaboração de projectos que lhes permita a sua realização profissional e consequentemente, a sua rentabilização, a fim de serem criadas as condições necessárias à fixação no território de todos os jovens que, assim, o desejarem”.