Região

Os municípios de Pinhel, Seia, Sabugal, Figueira de Castelo Rodrigo e Fundão, foram distinguidos com o selo Comunidades Pró-Envelhecimento 2020/2021. Esta distinção foi também atribuída à Junta de Freguesia da Guarda. No concelho de Seia também foi distinguida a União das Freguesias de Santa Marinha e São Martinho. No total, foram reconhecidas 94 comunidades do país e ilhas.Esta distinção promovida pela Ordem dos Psicólogos Portugueses pretende reconhecer as comunidades que apresentaram políticas, programas, planos estratégicos e práticas que demonstram um compromisso forte e efectivo com a promoção do envelhecimento saudável e bem-sucedido ao longo de todo o ciclo de vida.Nas comunidades distinguidas foi evidenciado que, apesar das dificuldades e dos problemas, as entidades “trabalham de forma sistémica de modo a que o envelhecimento dos cidadãos seja feito com mais bem-estar e saúde”.A nota publicada no site da Ordem dos Psicólogos Portugueses refere que este selo é atribuído “a todas as comunidades que se candidataram e que apresentaram políticas, programas, planos estratégicos e práticas que demonstram um compromisso forte e efectivo com a promoção do envelhecimento saudável e bem-sucedido ao longo de todo o ciclo de vida.”E acrescenta: “Apesar de ter sido lançada antes da actual pandemia, neste momento esta iniciativa torna-se ainda mais premente uma vez que reforça a necessidade de se perspectivar as comunidades como contextos de vida de excelência para a promoção do envelhecimento saudável e bem-sucedido, com o objectivo último de construirmos uma sociedade coesa, equitativa, inclusiva, saudável e segura, que promova o bem-estar e a contribuição cívica de todos os cidadãos, durante todos os momentos do ciclo de vida”.