Santa Marinha
Representação da “Via Lucis – O Caminho da Ressurreição” atraiu centenas de pessoas

A paróquia de Santa Marinha, Seia, realizou na noite do dia 31 de Maio, pelo segundo ano consecutivo, a representação ‘Via Lucis – O Caminho da Ressurreição’.
A representação ‘Via Lucis – O Caminho da Ressurreição’ recriou de forma envolvente e dinâmica a Ressurreição de Jesus, a aparição aos discípulos de Emaús, aparição a Tomé, a pesca milagrosa em Tiberiades, Ascensão e envio do Espírito Santo e decorreu de modo itinerante pelas ruas e lugares da freguesia concretizando assim a ideia de levar a fé e a própria igreja para os espaços públicos.
Nas diversas representações cénicas traduzidas pelo projecto impressionaram imensamente o modo como os diversos personagens intervenientes se deixaram moldar nas palavras e nos gestos pelo conteúdo da Palavra de Deus.
O Padre Rafael Neves, responsável pela dinamização do evento referiu ao jornal A GUARDA que “neste projecto em que se propôs criar, praticamente, tudo de raiz, foi exigido muito trabalho de pesquisa, produção, guarda-roupa e adereços, montagem de cenários, caracterização, efeitos de luzes e som acontecido num longo período de tempo”. E acrescentou: “O elenco da representação do Caminho da Ressurreição contou com cerca de 25 personagens e envolveu outras tantas pessoas voluntárias com grande capacidade de empenho e trabalho comunitário”.
A representação do Caminho da Ressurreição, no segundo ano do projecto, contou com a colaboração de diversas instituições e particulares locais e foi participada por largas centenas de pessoas oriundas de vários lugares do concelho e arciprestado de Seia.