Seia

Proporcionar melhores condições aos utilizadores dos transportes públicos urbanos e serem meio de comunicação e sensibilização ambiental, são os principais objectivos dos novos abrigos de passageiros que o Município de Seia está a instalar em vários pontos da cidade.  Ao todo serão colocados 24 abrigos nas paragens do VaieVem, 13 dos quais com mupi, uma acção apoiada financeiramente em 50 mil euros pelo Fundo Ambiental. Os locais de espera dos transportes de Seia estão apetrechados com alguns equipamentos de deposição selectiva de resíduos (papeleiras, ecopontos) e alguns abrigos incorporam mupis alimentados por energia fotovoltaica.De acordo com a autarquia de Seia “o projecto de promoção da mobilidade urbana prevê, em simultâneo, a introdução de melhorias em arruamentos e cruzamentos municipais, tendo em vista a regularização e o ordenamento do trânsito e uma maior segurança dos peões”. Entre os trabalhos de requalificação, além dos associados à instalação dos equipamentos, estão previstas intervenções na Zona Industrial da Abrunheira, e em Seia, na Rua do Estaleiro (entroncamento com a Av. Terras de Sena), no entroncamento da Av. 1º de Maio com a Rua Cândido dos Reis, no acesso pedonal ao estacionamento do Hospital e um passeio na Urbanização Millenium. A totalidade da empreitada ascende aos 174 mil euros, num procedimento adjudicado por concurso público à empresa Pavisteel.Mais do que abrigos, “o projecto visa ser indutor de comportamentos que potenciam a economia circular, a redução da pegada de carbono e a valorização do território, promovendo e potenciando a regular utilização dos transportes públicos urbanos”. Com esta medida, o Município de Seia investe na qualidade do ambiente urbano, através da colocação de abrigos de passageiros.