Seia


O Município de Seia está a disponibilizar armadilhas a apicultores, tendo em vista o controlo de ninhos existentes e evitando, por outro, a criação e o desenvolvimento de novos ninhos da Vespa Velutina no concelho.
De acordo com a autarquia “a vespa velutina, comummente designada por vespa asiática, representa efectivamente uma ameaça às explorações apícolas do concelho e da região, comprometendo a produção de mel e seus derivados”. E acrescenta: “Só em 2023, o Município, através do Serviço Municipal da Protecção Civil, destruiu 649 ninhos”.
A autarquia vai ceder cerca de 900 armadilhas para os apicultores colocarem nos apiários, com a função de mitigar a captura das abelhas, estando igualmente prevista a entrega de 3700kg de alimentação, para 45 apicultores.
Esta iniciativa está enquadrada na candidatura ao POSEUR-03-2215-FC-000 166 da CIMBSE, que tem como objectivo a implementação de uma estratégia de prevenção contra a erradicação da Vespa Velutina na região das Beiras e Serra da Estrela.