­Seia

O Município de Seia está a poiar a formação académica, que se traduzirá na atribuição de bolsas de estudo a estudantes durante o ano lectivo 2020/2021.A medida abrange alunos deslocados e da Escola Superior de Turismo e Hotelaria (ESTH) de Seia, com comprovadas dificuldades económicas. A Câmara atribui mensalmente 125 euros a alunos que estudem fora do concelho e 75 euros para estudantes que frequentem a Escola Superior de Turismo e Hotelaria (ESTH) de Seia.As candidaturas devem ser submetidas até ao dia 31 de Outubro, no Gabinete de Apoio à Divisão Sociocultural do Município. De entre os critérios de atribuição sublinha-se a comprovada residência para alunos, que não sendo naturais, terão de ser residentes há mais de três anos, com o respectivo agregado familiar. Outro dos critérios passa pela necessidade de bom aproveitamento escolar no ano lectivo anterior, quando aplicável, sendo que os candidatos não podem possuir habilitações ou curso equivalente àquele que pretendem frequentar. Por si, ou através do seu agregado familiar, os candidatos não podem dispor de um rendimento mensal per-capita que ultrapasse o valor fixado para o indexante dos apoios sociais.Com esta medida a autarquia pretende “reforçar o seu papel de agente activo no apoio à formação académica, procurando criar condições para um ensino superior de maior qualidade e favorecendo o desenvolvimento de percursos educativos de sucesso”.