Seia


O CineEco, em colaboração com a Green Film Network (GFN), vai organizar o 1º Fórum Internacional de Festivais de Cinema de Ambiente em Seia, Portugal, no dia 13 de Outubro. Esta iniciativa decorrerá durante a 24ª edição do Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, que se realiza de 13 a 20 desse mês.
Este 1º Fórum tem o objectivo de reunir os 39 festivais de cinema ambiente mais importantes do mundo, que fazem parte da rede GFN, com vista a reforçar os laços e promover o debate e a reflexão sobre a importância das plataformas audiovisuais que promovem mudanças sociais e de sustentabilidade. Pretende, ainda, contribuir para uma maior profissionalização dos festivais e organizar uma reunião geral para discutir questões comuns dos festivais.
O Fórum contará com figuras de relevo internacional que mais se destacam nas temáticas ambientais e do cinema, de modo a fomentar o debate e a reflexão sobre preocupações do mundo contemporâneo.
Com esta iniciativa, o município de Seia, que conta com o apoio do Turismo do Centro, pretende criar em Seia, um evento de grande dimensão internacional, de modo a afirmar o território e reforçar a marca Serra da Estrela, no contexto turístico da região Centro.
Recorde-se que o CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, é o único festival de cinema em Portugal, dedicado á temática ambiental, no seu sentido mais abrangente, que se realiza em Seia, anualmente em Outubro e de forma ininterrupta, desde 1995, por iniciativa do Município de Seia.
O festival decorre na Casa Municipal da Cultura de Seia e no CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela e já ganhou grande prestígio internacional, concorrendo habitualmente mais de 600 documentários, oriundos de mais de 30 países.
O formato do certame assenta num conjunto de actividades desenvolvidas ao longo de 8 dias e nelas se incluem diversas actividades paralelas, como sejam conferências, concertos, work-shops, exposições, para além da secção competitiva e vários ciclos de cinema.
O Festival procura cativar novos públicos, sensibilizando-os para o cinema, a sua história e a sua estética.