Seia


A 17ª edição do Seia Jazz & Blues vai decorrer em Seia, nos dias 1, 2 e 3 de Julho, desta vez com a participação do “Quinteto Pedro Moreira”, “Blues do Cidadão”, “The Ragtime Rumours”, “MenatJazz Ensemble” e “Big Band da EPSE com Jacinta e Mónica Ferraz”
Ao festival, este ano, associam-se os sabores, com propostas para apreciar comidas do mundo em caravanas, naquele que é o Street Food tour, a decorrer em simultâneo e em horário alargado no parque verde do Centro de Interpretação da Serra da Estrela.
A abertura do Seia Jazz & Blues, no dia 1 de Julho, cabe ao Quinteto Pedro Moreira, um conjunto de músicos com forte identidade musical e de créditos no jazz português. O concerto está agendado para as 22.00 horas e inclui composições originais de Pedro Moreira. No sábado, o programa tem início às 17.00 horas, em português, com “Blues do Cidadão”, um projecto inovador que também contém no seu repertório temas originais.
Ainda no dia 2 de Julho e no registo blues, os holandeses “The Ragtime Rumours” sobem ao palco às 22.00 horas. Considerado “Melhor Álbum de Blues 2020” na Holanda, o espectáculo é uma mistura de Ragtime Old-Skool, gypsyjazz e Roots/Blues.
No dia 3 de Julho, feriado municipal, o jazz sobe ao palco a partir das 17.00 horas, com o quinteto MenatJazz Ensemble, um quinteto formado por músicos apaixonados por jazz e seus derivados (Latin Jazz, Afro Jazz, Fusão e Funk).
O cartaz fecha às 22.00 horas, com uma formação habitual no festival, a Big Band da EPSE, este ano em palco com as convidadas Jacinta e Mónica Ferraz, duas vozes ímpares e emblemáticas do panorama nacional.
Os bilhetes para o festival podem ser adquiridos na ticketline e na Casa Municipal da Cultura de Seia.
Criado em 2005, o festival é uma referência incontornável da programação cultural do Município Seia e por onde têm passado grandes nomes do jazz e do blues.
O Seia Jazz & Blues é uma iniciativa do Município de Seia e conta com a parceria da Escola Profissional da Serra da Estrela, do Conservatório de Música de Seia, do Festival DME – Dias da Música Eletroacústica e da DGArtes, através da Rede Teatros e Cineteatros Portugueses, na qual a Casa Municipal da Cultura está integrada.