Seia – Instituto Politécnico da Guarda

Cerca de setenta finalistas dos anos lectivos 2019/2020 e 2020/2021 participaram na celebração de bênção dos finalistas e das pastas, da Escola Superior de Turismo e Hotelaria, do Instituto Politécnico da Guarda, no dia 3 de Julho. A celebração, presidida pelo Bispo da Guarda, contou ainda com inúmeros familiares e amigos, dos finalistas dos cursos de Restauração e Catering, Turismo e Lazer e Gestão Hoteleira, que se quiseram associar a este momento da tradição académica.Na homilia, D. Manuel Felício referiu que a ocasião da bênção serve para “dar graças a Deus pelo bom trabalho realizado, quer pelos professores quer pelos alunos”, e simultaneamente para implorar a graça divina para os finalistas que vão assumir novos compromissos nas suas actividades profissionais. O Bispo da Guarda desafiou, de uma forma particular, os finalistas a orientarem a sua profissão “procurando a realização das suas aptidões pessoais” sem esquecer “a obrigação de contribuírem para uma sociedade melhor, mais justa e fraterna”. Por outro lado, de forma incisiva, o bispo diocesano apelou a um investimento real e eficaz, por parte das autoridades competentes, junto das comunidades com baixa densidade populacional e não raras vezes esquecidas e negligenciadas.Como sucede em cada ano, a celebração registou uma finalidade solidária, na medida em que, o peditório reverteu, por indicação da comissão organizadora da bênção dos finalistas, para a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Seia.A celebração eucarística da bênção dos finalistas e suas pastas contou com a presença do capelão da Escola Superior de Turismo e Hotelaria, padre Rafael Neves, e do pároco de Seia, padre Joaquim Pinheiro.Devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19 e para melhor cumprir as regras de combate à pandemia, a celebração decorreu ao ar livre, no Estádio Municipal de Seia.