Vide – Seia


Os achados de arte rupestre localizados no Parque Natural da Serra da Estrela, nas bacias dos rios Ceira e Alva, que foram descobertos nos últimos 16 anos, foram apresentados na quarta-feira, dia 20 de Agosto, em Vide, no concelho de Seia.
O presidente da Associação Portuguesa de Investigação Arqueológica (APIA), Nuno Ribeiro, foi o orador na conferência intitulada “A freguesia de Vide (Seia) e a arte rupestre dos rios Ceira e Alva (16 anos de investigação)”. “O estado de conservação das lajes é bastante bom”, referiu o responsável, admitindo que os sítios inventariados “confirmam que em toda a área da Serra da Estrela deverão existir sítios de arte rupestre e uma ocupação muito mais antiga”.
Os sítios de arte rupestre foram referenciados na tese de doutoramento de Nuno Ribeiro, intitulada “Manifestações de Arte Rupestre nas bacias hidrográficas dos rios Ceira, Alva e áreas de fronteira com as bacias hidrográficas dos rios Zêzere e rio Unhais”, que analisou mais de 694 sítios. Os locais também foram estudados no âmbito da tese de licenciatura de Luís Miguel Correia.