Seia


No âmbito do protocolo celebrado com a Springfield e a Anefa – Associação nacional de Empresas Florestais, o Município de Seia realizou, no dia 27 de Novembro, uma acção de reflorestação em área protegida, na Mata do Desterro, com a plantação de 22 mil árvores.
Esta acção de reflorestação aconteceu no seguimento do projecto de recuperação florestal de área ardida, iniciado em 2020, e incidiu numa área de cerca de 20 hectares.
No âmbito desta iniciativa teve lugar a retancha de plantas autóctones, nas áreas intervencionadas no ano passado (abrangendo perto de 8 hectares) em continuidade ao trabalho de controlo de vegetação espontânea, e o plantio de árvores em 12 hectares.
De acordo com a Câmara Municipal de Seia, no total foram plantadas 22 mil árvores, entre amieiros, carvalhos, medronheiros, salgueiros e sobreiros.
A Mata do Desterro é propriedade da EDP, gerida pela Câmara Municipal de Seia desde 2007, através do regime de comodato, tendo em vista o aproveitamento dos recursos existentes no local para o desenvolvimento de actividades de investigação, educação ambiental, turismo e lazer.
Trata-se de uma área com cerca de 136 hectares, em pleno Parque Natural da Serra da Estrela, ocupada essencialmente com pinheiros bravos.
À semelhança de outras iniciativas que têm vindo a ser desenvolvidas neste âmbito, a acção de reflorestação do último domingo, foi aberta à participação de todos os que quiseram colaborar, numa acção de voluntariado.
Esta acção de reflorestação na Mata do Desterro aconteceu no âmbito do protocolo celebrado com a Springfield e a Anefa – Associação Nacional de Empresas Florestais.