Sabugal


A Fileira da Carne é o primeiro sector que vai integrar a nova marca ‘Algu do Sabugal’ que materializa o projecto dinamizador da economia para estimular o crescimento da região, combater o despovoamento e impactar positivamente a qualidade de vida da comunidade.
A marca ‘Algu do Sabugal’ é o “rosto” do novo projecto de dinamização da competitividade económica e de afirmação nacional do concelho, que está a ser desenvolvida pelo Município do Sabugal.
De acordo com a autarquia “este projecto tem como ambição ser, simultaneamente, um motor agregador das diferentes actividades económicas existentes no território, valorizando a região e os seus recursos, e um gerador de atracção de empreendedorismo, investimento, inovação, turismo, pessoas, comércio e serviços, sempre em articulação com as comunidades locais”.
Através da nova marca, a Câmara do Sabugal pretende que “o concelho seja conhecido e reconhecido ao nível nacional, e, futuramente, internacional, como um local de oportunidades, de visita imperativa e de origem de produtos e bens de consumo, seguros e de superior qualidade”.
O Presidente da Câmara Municipal do Sabugal, Vítor Proença, explicou que “o primeiro sector que vamos trazer para o nosso projecto é a Fileira da Carne, com o propósito de dinamizarmos as actividades agro-pecuárias do nosso Município”. Pois, “esta é uma actividade económica importantíssima para o nosso concelho e uma bandeira para nos distinguirmos das restantes regiões do país”.
A autarquia considera que apesar de não existirem espécies autóctones, o concelho agrupa características únicas que diferenciam a produção de carne, assentes nas pastagens em regime extensivo e no modo de criação dos animais. Atributos únicos, resultantes da geografia e clima que são dificilmente reproduzidos noutra região do país. Qualidades inigualáveis essas que foram, também, a base para a criação do nome ‘Algu do Sabugal’, uma marca com a força do marketing territorial e ampla o suficiente para abranger as diferentes valências que o concelho tem para oferecer.
‘Algu do Sabugal’ pode estar relacionado com “um produto, um sabor, um aroma, uma tradição, uma forma de dizer, uma experiência…” e remete para “o familiar, natural, bom, tradicional (na boa acepção), território, único…”.
O Município dá conta de que à marca estão associados os valores de Pertença (ligação emocional a um lugar ou região), Naturalidade (ligação à terra, à qualidade do solo, à forma de produzir e ao bem-estar animal) e Autenticidade (o que é genuíno e de qualidade).