Segurança

O Comando Distrital da Guarda entregou 525 armas e 1270 munições ao Departamento de Armas e Explosivos da Direcção Nacional da Polícia Segurança PúblicaAs armas e munições em causa foram previamente declaradas perdidas a favor do Estado no âmbito de processos-crime, contraordenacionais e administrativos, depois de terem sido apreendidas pela Polícia de Segurança Pública e demais autoridades policiais, no distrito da Guarda. Integram também o referido lote, armas entregues voluntariamente ao Estado pelos seus detentores.De acordo com a PSP “as armas que se encontrarem em boas condições de funcionamento poderão ser afectas à actividade operacional desenvolvida pelas Forças e Serviços de Segurança, à actividade formativa, cultural e museológica. As restantes poderão ser destruídas, cabendo essa decisão ao Director Nacional da Polícia de Segurança Pública”.