Pinhel

“Siga o Falcão”“Ninho do Falcão” é o edifício com que a Câmara Municipal de Pinhel vai dar apoio aos utentes do projecto de mobilidade social “Siga o Falcão” que pretende encurtar distâncias e dar maior autonomia às gentes do concelho. O edifício, propriedade da autarquia, foi recuperado para dar apoio aos utentes deste projecto de mobilidade social pioneiro na região e no país. Inaugurado esta segunda-feira, 1 de Junho, “Ninho do Falcão” é um espaço que irá servir de abrigo aos utentes do “Siga o Falcão”, situando-se mesmo junto à principal paragem da cidade, em frente ao Tribunal.A autarquia explica que “com a abertura deste espaço, as pessoas poderão esperar mais confortavelmente pelo autocarro, não estando sujeitas aos rigores do Inverno ou do Verão”.As obras de adaptação do edifício decorreram nos últimos meses, representando um investimento na ordem dos 30 mil euros. Suspenso desde o dia 15 de Março, na sequência da declaração de pandemia e da activação do plano de contingência do Município de Pinhel para fazer face ao Covid-19, o serviço de mobilidade social “Siga o Falcão” foi retomado esta segunda-feira, dia 1 de Junho.O Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, entendeu estarem reunidas as condições para retomar este meio de transporte colectivo a cargo da autarquia, garantindo o cumprimento das necessárias medidas de segurança.Os autocarros do “Siga o Falcão” já retomaram os circuitos normais, de segunda-feira a domingo, possibilitando a deslocação dos munícipes de todas as localidades à sede de concelho, bem como as ligações de fim-de-semana, de e para a estação ferroviária de Vila Franca das Naves.O regresso dos autocarros implica que motoristas e passageiros usem máscara durante todo o percurso, estamndo apenas disponíveis dois terços da lotação total do autocarro, de modo a preservar os distanciamentos preconizados pelas autoridades de saúde.