“Alegria engarrafada” em Pinhel 


Valorizar o trabalho dos agricultores do concelho e contribuir para a valorização da paisagem vitivinícola da Beira Interior são os grandes objectivos da insígnia “Pinhel Cidade do Vinho 2020”. O autarca de Pinhel explicou que “é a primeira vez que uma cidade inserida na região da Beira Interior recebe esta iniciativa que, em 2019, teve a bandeira em Peso da Régua”. Rui Ventura aposta na promoção dos vinhos de Pinhel através da campanha “Alegria Engarrafada”, nas ruas de muitas localidades de Portugal, Espanha e França. A campanha passa por Tábua (Tábua de Queijos e Sabores da Beira), Lisboa (BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa), Guarda (FIT – Feira Ibérica de Turismo), Santarém (Feira Nacional da Agricultura), Salamanca (Salamaq – Feira do Sector Agro-pecuário), Paris – França (Fête des Vendanges de Montmartre), Valladolid – Espanha (INTUR – Feira Internacional de Turismo de Interior). Em Pinhel, o vinho será referência na Feira das Tradições e das Actividades Económicas (21 a 23 de Fevereiro), na Gala de Abertura da Cidade do Vinho 2020 (28 de Março), na Praça dos Vinhos, na eleição da rainha das Vindimas, na Caminhada da Vinha e do Vinho, na reconstituição histórica de vindima de época (anos 60, 70, 80), na rota das adegas, no VI Salão dos Vinhos e Sabores da Beira Interior, no Encontro de Confrarias, entre outras actividades. Rui Ventura adiantou que “o Mercado de Agricultura Familiar vai ser reformulado” e terá melhores condições também para promover os vinhos de Pinhel. Outra das apostas passa pelo “lançamento, em Março, do vinho 250 anos da cidade de Pinhel, com o engarrafamento de três mil garrafas para oferecer e vender, durante a Gala de Abertura da Cidade do Vinho 2020”. Em relação aos novos alojamentos de iniciativa privada, que estão a surgir em Pinhel, Rui Ventura referiu que “um é evocativo do vinho”, o que acaba por ser muito sugestivo num ano em que Pinhel é cidade do Vinho.