Gonçalo


Pedro Pires foi reeleito presidente da direcção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Gonçalo, no concelho da Guarda, para os próximos 3 anos, na sequência das eleições para os novos corpos gerentes que decorreram no dia 11 de Novembro. A lista encabeçada por Pedro Pires foi a única lista concorrente e foi votada por unanimidade dos associados presentes na Assembleia Geral de voto.
A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Gonçalo foi fundada há 34 anos e é a segunda Associação de Bombeiros do concelho da Guarda. É detentora de um Corpo de Bombeiros Voluntários que dispõe de 65 elementos e de 18 viaturas para intervenção numa área operacional de 86,85 Km2 e 2.755 habitantes e que compreende as freguesias de Benespera, Gonçalo, Valhelhas, Vela e a localidade de Seixo Amarelo, no concelho da Guarda.
A direcção agora reeleita estabeleceu como principais metas estruturais para a Associação, no próximo triénio “uma aposta forte na formação dos bombeiros, a aquisição de novos equipamentos de protecção individual, a integração de novos bombeiros no Corpo Activo, o aumento do número de associados e a passagem a Posto de INEM do seu actual Posto de Reserva”. A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Gonçalo continuará a desenvolver, igualmente, um conjunto significativo de iniciativas de angariação de fundos de forma a poder fazer face às despesas de aquisição de novos veículos operacionais. A este propósito, recorde-se que, em Agosto passado foi adquirido um novo veículo ligeiro de combate a incêndios, sem qualquer apoio financeiro das administrações central ou local e que se encontra em fase de aquisição uma nova ambulância de socorro.