Região

Na sequência da situação de emergência do Covid-19 e como medida preventiva excepcional, a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos decidiu cancelar todas as deslocações agendadas às unidades de saúde da região por parte do seu presidente e restantes membros do Conselho Regional. As visitas, reuniões e restantes actividades no exterior serão reprogramadas, seguindo todas as recomendações oficiais. ”A decisão de suspender temporariamente as deslocações aos hospitais e centros de saúde é uma medida excepcional. Vamos reduzir a nossa actividade, no imediato, mas manteremos a nossa capacidade de resposta aos mais de 9500 médicos associados”, explica o presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos.