Iniciativa decorre entre Junho e Setembro


O Cinema Português em Movimento está de regresso para a sua quarta edição. A iniciativa promovida pelo ICA – Instituto do Cinema e Audiovisual - vai ter lugar entre os meses de Junho a Setembro, e será composta por 51 sessões cinematográficas em diversas vilas e aldeias do País.
O programa desta edição começa hoje, 23 de Junho, na Mêda. Na sessão inaugural, pelas 21.30 horas, no Jardim da Mêda, será apresentado o filme “Os Gatos Não Têm Vertigens”, do realizador António-Pedro Vasconcelos, bem como algumas curtas-metragens de animação, inspiradas na obra de Bordalo Pinheiro, realizadas pelos alunos da Licenciatura Arte Multimédia/vertente de Animação da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (FBAUL).
Esta sessão inaugural contará com a presença do Secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, do realizador, António-Pedro Vasconcelos, do presidente da Câmara Municipal da Mêda, Anselmo Sousa e do Coordenador do Museu Bordalo Pinheiro.
Ainda no concelho da Mêda estão previstas sessões em Corricada (dia 24 - O Pátio das Cantigas), Barreira (25 - Capitão Falcão), e Vale Flor (26 - Virados do Avesso).
Durante a edição deste ano, ao longo de quase três meses, serão realizadas sessões gratuitas e ao ar livre, em 48 localidades diferentes, proporcionando à população a oportunidade de visionar diversas obras nacionais de elevado reconhecimento e popularidade.
Nesta edição, as sessões serão antecedidas da exibição de curtas-metragens de animação inspiradas na obra de Bordalo Pinheiro, realizadas pelos alunos da Licenciatura Arte Multimédia/ vertente de Animação da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (FBAUL), orientados por Zepe (José Pedro Cavalheiro). A exibição está inserida na comemoração dos 170 anos do nascimento de Rafael Bordalo Pinheiro e nos 100 anos do Museu Bordalo Pinheiro e resulta de uma parceria entre o ICA, a Câmara Municipal de Lisboa, a FBAUL e o Museu. Os realizadores destas quatro obras são Daniela Fortuna, Filipa Braz, João Serrano, Pedro Malaca e Tânia Ferrão, com música de Filipe Raposo e sonoplastia de Fernando Fadiga.
Com 12.438 espectadores nas 136 sessões dos três anos anteriores, o Cinema Português em Movimento regressa à estrada em 2016 com a intenção de alargar a sua actividade de promoção e divulgação do cinema português.
A 4ª edição do Cinema Português em Movimento tem o envolvimento das Câmaras Municipais de Mêda, Condeixa, Borba, Évora, Fornos de Algodres, Mação, Mirandela, Murça, Oleiros, Arronches e São Brás de Alportel.