Manteigas


O concelho de Manteigas tem todo o território incluído no Parque Natural da Serra da Estrela, uma realidade que tem provocado alguns constrangimentos tanto a nível económico como cultural e desportivo. Esta classificação “coloca limites na utilização de terrenos” e o concelho não tem “nenhuma compensação por isso”.
O presidente da Câmara Municipal de Manteigas gostava que o ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e Florestas (organismo que gere as áreas protegidas) mudasse “a relação que tem com as pessoas”, pois “continua a ser muito difícil chegar à fala com os responsáveis por este organismo”. Esmeraldo Carvalhinho considera que “não podemos ser fundamentalistas” afirmando mesmo que “Manteigas não é nenhuma reserva de índios”. E acrescenta: “Queremos que o concelho evolua, queremos deitar abaixo barreiras que impedem o desenvolvimento”. Apesar de considerar que os Parques Naturais “devem existir” lembra que “o primeiro ser a proteger é o ser humano”.
Numa altura em que a estrutura do ICNF sofreu algumas alterações, Esmerando Carvalhinho espera que a nova presidência “tenha outro relacionamento com as populações”. Considera que “a nova lei orgânica não vai ao fundo da questão” e que os autarcas das zonas dos Parques Naturais “deviam ter lugar nas decisões”.
Na opinião do autarca de Manteigas, “a relação entre o ICNF e as populações está completamente oxidada”, na medida em que o Plano de Ordenamento “conflitua com a actividade económica dos concelhos abrangidos”.
Esmeraldo Carvalhinho lamenta que “o órgão máximo” esteja fora do Parque Natural e que muitos dos serviços tenham sido tirados de Manteigas.
A pensar no bem da população, e apesar de considerar que há “uma enorme dificuldade em falar com as estruturas do ICNF” o autarca já solicitou uma reunião ao novo presidente deste organismo. “Vivemos esta amargura com entidades que deviam estar mais próximas das populações e dos cidadãos”, considera Esmeraldo Carvalhinho.
Recorde-se que o maciço da Estrela foi classificado como Parque Natural (Decreto-Lei n.º 557/76 de 16 de Julho), referindo tratar-se de “uma região de característica economia de montanha” onde subsistem “refúgios de vida selvagem e formações vegetais endémicas de importância nacional”. O Parque Natural da Serra da Estrela (PNSE) estendendo-se por território dos concelhos de Celorico da Beira, Covilhã, Gouveia, Guarda, Manteigas e Seia.