Manteigas


A Câmara Municipal de Manteigas protocolou com a Agência de Modernização Administrativa (AMA) a instalação de um Espaço Cidadão no edifício dos Paços do Concelho, com o objectivo de oferecer aos seus munícipes o acesso directo a múltiplos serviços dispersos da administração central. Prevê-se que a instalação do referido espaço ocorra durante o ano de 2015. No entanto, estando nos serviços municipais a decorrer um processo de desburocratização e desmaterialização processual, cuja implementação não pode ficar à espera da concretização do Espaço Cidadão pela AMA, estão, desde já, a promover-se algumas transformações internas para uma melhor eficácia externa. Assim, com a finalidade única de qualificar a prestação dos serviços aos munícipes de Manteigas, estão em operacionalização algumas mudanças (físicas e funcionais), assentes nas seguintes premissas: Colocar o Atendimento no Centro da Organização; Optimizar a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação; Desmaterializar e Desburocratizar documentos e processos; Qualificar, centralizar e modernizar o serviço de Expediente; Facilitar o Controlo e a Gestão dos procedimentos; Promover a Mobilidade Interna e a Gestão da Mudança; Eliminar barreiras tornando o Edifício Amigo para Todos; Melhorar a Eficiência dos serviços e Reduzir Custos.
A Câmara Municipal de Manteigas, presidida por José Manuel Biscaia, refere que a face mais visível para os cidadãos desta pequena reforma é a da centralização do atendimento de todos os serviços autárquicos num só espaço, denominado Balcão Único Municipal, que abriu ao público no dia 2 de Março. Este serviço, que integrará o futuro Espaço Cidadão, é o novo rosto da Câmara Municipal e fica situado no piso da entrada principal do edifício, onde outros serviços da Administração Central (Finanças e Conservatória) fazem igualmente atendimento ao público. “As mudanças a implementar alterarão rotinas e alguns hábitos dos munícipes, pelo que se agradece a melhor compreensão no período de adaptação”, refere a autarquia. É ainda anunciado que, em breve, o edifício da Câmara Municipal “ficará dotado com um elevador que permitirá a todas as pessoas, sem excepção, aceder a todos os serviços e às reuniões dos órgãos da democracia local: Câmara e Assembleia Municipal”.