Cerimónias religiosas

A Festa de Nossa Senhora D’Ajuda, em Malhada Sorda, concelho de Almeida, este ano, será celebrada de forma diferente, devido à situação de pandemia provocada pela Covid19. O programa que acontece entre 7 e 9 de Setembro, está reduzido às cerimónias religiosas, algumas das quais ao ar livre e “seguindo em conformidade as medidas de segurança” da Direcção Geral de Saúde. Ao que o Jornal A GUARDA apurou, no dia 7 de Setembro, às 21.00 horas, haverá a Missa das Velas. Para o dia 8, às 11.00 horas, dia principal da romaria, está programada a celebração da Missa ao ar livre junto do Santuário de Nossa Senhora D’Ajuda. A Missa do Adeus será no dia 9 de Setembro, às 10.00 horas. Em tempo de pandemia e para manter viva a devoção a Nossa Senhora D’Ajuda, a paróquia de Malhada Sorda agendou a celebração da missa no santuário, no primeiro Domingo de cada mês. A Festa de Nossa Senhora D’Ajuda, que acontece todos os anos no dia 8 de Setembro, costuma juntar milhares de peregrinos, muitos dos quais das localidades vizinhas de Espanha. A procissão das velas, na noite de 7 de Setembro, é das mais concorridas de toda a região.