Fundão | Capinha


O Padre António Gama foi homenageado na freguesia de Capinha, concelho do Fundão, no dia 31 de Julho. A iniciativa integrou o programa do Dia da Freguesia e foi marcada pela apresentação do álbum biográfico “Padre António Gama - Um Sacerdote dinamizador, solidário e humanista”, coordenado por António Alves Fernandes e Paulo Silveira.
António Carlos Dias Gama nasceu em Janeiro de Cima, concelho do Fundão, no dia 8 de Dezembro de 1935.
Residiu, com a família, na Aldeia de João Pires, concelho de Penamacor, onde frequentou a escola primária, concluindo o exame da 4ª classe em Penamacor.
Em 1946, entrou no Seminário Menor do Fundão, onde permaneceu cinco anos. Transitou para o Seminário Maior da Guarda, onde cursou Filosofia e Teologia. Foi ordenado Sacerdote em 26 de Julho de 1959, na Sé Catedral da Guarda, pelo Bispo D. Domingos da Silva Gonçalves.
Em 1962, foi nomeado pároco da Capinha (Arciprestado do Fundão), tendo acumulado durante alguns anos, com a paroquialidade de Quintãs e Escarigo (Três Povos).
Frequentou as Faculdades de Letras (área de Ciências Históricas) das Universidades de Coimbra e Lisboa. Em 1964, iniciou o seu percurso docente no Colégio de Belmonte.
Como Professor de Moral e Geografia no ano de 1964, sensibiliza o Director para a angariação de um autocarro para transportar os alunos da Capinha, onde era pároco, Três Povos (Salgueiro, Quintãs e Escarigo), Monte do Bispo, Caria e Malpique a fim de lhes proporcionar a frequência no Colégio de Belmonte.
Posteriormente leccionou na Escola Secundária do Fundão e na Escola Profissional da qual foi um dos fundadores. Também deu aulas no Seminário do Fundão.
Actualmente é Capelão da Santa Casa da Misericórdia do Fundão, e colabora com a paróquia do Fundão e paróquias limítrofes.