Guarda


Continua esta semana no Teatro Municipal da Guarda a iniciativa Diferente é Igual [Ciclo de Arte-Terapia].Hoje, dia 20 de Novembro, tem lugar a tertúlia “O Poder da Arte na Reabilitação e Inclusão”, uma sessão que contará com a participação de Maria José Dinis da Fonseca da ASTA - Associação Sócio Terapêutica de Almeida e de José Martins Igreja da CERCIG enquanto oradores. A sessão tem início marcado para as 21.30 horas, no Café Concerto e tem entrada livre. Esta tertúlia pretende abordar de que forma a arte é determinante na reabilitação de múltiplas deficiências a partir do testemunho e da experiência de responsáveis técnicos de instituições sociais da região da Guarda que se dedicam ao apoio de pessoas com necessidades especiais.
Amanhã, sexta-feira, a Companhia Crinabel apresenta no Pequeno Auditório, às 21.30 horas, “A Cantora Careca”, a partir de texto de Eugene Ionesco e com encenação de Marco Paiva. Uma comédia do absurdo, um exercício da não comunicação.
No sábado, dia 22, há uma Oficina de culinária especialmente pensada para crianças e jovens portadores de Trissomia 21 e de outras deficiências: “Down Cooking”.  Esta iniciativa será orientada por Orquídea Silva em colaboração com o Hig International e decorrerá a partir das 10.00 horas, na Quinta da Maúnça.
O Ciclo Diferente é Igual decorre até ao final do mês no TMG e pretende valorizar as potencialidades terapêuticas que a arte possui através de várias actividades vocacionadas para um público diferente e especial mas também para a comunidade em geral.