Guarda

Numa altura em que está em curso “a desmobilização do Estaleiro das obras de Requalificação da Linha da Beira Baixa”, o vereador Sérgio Costa mostrou preocupação em relação aos danos provocados em algumas vias do concelho.  Disse que “em devido tempo, foram enviadas várias missivas para a Infraestruturas de Portugal, relatando os danos provocados pelo trânsito de viaturas pesadas, oriundas da obra em causa, nos mais diversos arruamentos das Aldeias afectadas e nas estradas de ligação entre elas”.Sérgio Costa sugeriu que “rapidamente possa o Município encontrar uma solução com a Infraestruturas de Portugal, para fazer face aos pavimentos danificados nas localidades de Galegos, Quintazinha do Mouratão, Barracão, João Antão e Benespera”.Sobre este assunto, o presidente da Câmara da Guarda, Carlos Chaves Monteiro, explicou que há registo do estado das vias antes do início das obras e que o assunto está a ser tratado com a Infraestruturas de Portugal. Para a resolução desta situação, o autarca admitiu duas hipóteses: uma passa pela reparação das estradas em mau estado tapando os buracos e pela recuperação na integridade das que estavam em bom estado; e outra será um acordo através do qual a Infraestruturas de Portugal repara um conjunto de estradas e a Câmara assume a outra parte.