Instituto Politécnico da Guarda
Projecto de investigação escolhido
para Prémio Internacional

Uma solução de monitorização de animais em quintas de grandes dimensões é a base do projeto apresentado pela equipa Magic Key (Instituto Politécnico da Guarda) ao Prémio Farming by Satellite.
O projeto desta equipa guardense é, aliás, um dos seis finalistas candidatos a este galardão, ao qual se apresentaram 96 concorrentes, tendo sido validados 43. O júri selecionou seis equipas da Europa e três de África, que vão fazer a sua apresentação final, em Praga (República Checa) na próximo quarta-feira, dia 11 de Junho. A lista final inclui duas equipas de Portugal – uma delas do Magic Key – , sendo as restantes da Roménia, Reino Unido, Alemanha e da República Checa. As equipas africanas escolhidas são oriundas da África do Sul, Ruanda e Quénia.
Os vencedores serão anunciados no dia 12 de Junho, pelas 12h15,durante a conferência “European Space Solutions” que terá lugar no Centro de Conferências de Praga, na República Checa.
“O projeto que a equipa da MagicKey submeteu ao prémio “Farming by Satellite” resultou do trabalho de investigação que efetuámos para encontrar uma solução de monitorização de animais em quintas de grandes dimensões”, adiantou-nos o Prof. Luis Figueiredo, docente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico da Guarda e responsável pelo Magic Key.
“Este projeto permitirá obter dados da localização de cada animal e dados biométricos”, acrescentou aquele investigador para quem, “esses dados serão transmitidos para uma unidade de processamento central que os analisará em tempo real e gerará alertas sempre que seja detetada uma variação dos parâmetros caraterísticos de cada animal, o que permitirá uma intervenção rápida junto desse animal”. De acordo com Luis Figueiredo, “será usada uma infraestrutura de comunicações própria que não terá custos de comunicações.”
O Presidente do Instituto Politécnico da Guarda, Constantino Rei, comentou, a propósito desta candidatura do Magic Key que “uma vez mais, é com orgulho e satisfação que vemos reconhecida além-fronteiras, a qualidade do trabalho que se faz no IPG e das pessoas que aqui trabalham, dando-nos alento para o futuro e sentirmos que, pese embora as cada vez maiores dificuldades, estamos no caminho certo".