Guarda

Encontram-se abertas, até 9 de Abril, as candidaturas à 17ª edição do Prémio Eduardo Lourenço, galardão instituído pelo Centro de Estudos Ibéricos destinado a premiar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cultura, cidadania e cooperação ibéricas.O Prémio, no montante de 7.500 euros será atribuído por um júri constituído pelos membros da Direcção do Centro de Estudos Ibéricos (Reitor da Universidade de Coimbra, Reitor da Universidade de Salamanca e Presidente da Câmara Municipal da Guarda) e por mais oito elementos (representantes das Comissões Executiva e Científica do CEI e quatro personalidades convidadas pela Direcção).Instituído em 2004, o Prémio Eduardo Lourenço, destina-se a galardoar personalidades ou instituições de língua portuguesa ou espanhola que tenham sido protagonistas de uma intervenção relevante e inovadora no âmbito da cooperação e no domínio das identidades, das culturas e das comunidades ibéricas.