Guarda


O executivo da Câmara Municipal da Guarda aprovou na última reunião, com a abstenção dos dois vereadores do PS, a proposta de Mapa de Pessoal do Município para o próximo ano. Durante a reunião foi explicado que o mesmo não sofre alterações, uma vez que, face às restrições da Lei, a autarquia não está em condições de recrutar novos funcionários. “Tudo se mantém como dantes”, referiu Álvaro Amaro, indicando que na proposta de Mapa de Pessoal para 2015 não está prevista a criação de novos lugares. O documento vai ser apresentado na próxima reunião da Assembleia Municipal, a realizar em Dezembro.