Guarda


O Centro de Estudos Ibéricos realiza desde segunda-feira, 25 de Julho, até esta sexta-feira, 29 de Julho e de 13 a 16 de Setembro, a VI edição da Oficina de História da Guarda. Dirigida por Rita Costa Gomes, Professora de História na Universidade de Towson (EUA) e uma das especialistas da História Medieval da Guarda, a Oficina pretende promover a pesquisa sobre o património e a história da Guarda e da sua região. Os participantes desta acção de formação produzirão conteúdos resultantes da sua própria pesquisa, tendo em vista a actualização e divulgação dos conhecimentos sobre esta temática, ligando a história local com outras escalas e âmbitos de pesquisa histórica.
Este ano a Oficina de História abordará o tema da “Visita do Inquisidor à Guarda no século XVI”. Nas primeiras décadas da sua existência, a Inquisição portuguesa realizou visitas por todo o país, ressuscitando e aperfeiçoando uma prática que recuava aos tempos medievais. Assim, nesta edição, a Oficina lançará o estudo de uma visita inquisitorial feita à Guarda no século XVI, investigando a partir das fontes da época quem era o inquisidor que veio à Guarda, que actividades desenvolveu na cidade, e que consequências teve a visita para as populações.
A oficina funcionará em modalidade híbrida, com uma série de 5 sessões presenciais na sede do Centro de Estudos Ibéricos (25 a 29 de Julho, das 18.00 às 20.00 horas) e 4 sessões remotas por Zoom (13 a 16 de Setembro, das 18.00 às 20.00 horas). Realizada em parceria com o Instituto Politécnico da Guarda, a acção é creditada pelo CCPFC para Professores do Grupo 400, na modalidade Círculo de Estudos.
Na página da Oficina de História da Guarda podem ser consultadas as investigações e artigos resultantes das edições anteriores, bem como entrevistas em podcast sobre as temáticas abordadas que permitam estudar o passado da Guarda numa perspectiva regional, comparativa e na sua dimensão ibérica.