Guarda


A Câmara Municipal da Guarda promove, em conjunto com o Agrupamento de Escolas Afonso de Albuquerque e o Agrupamento de Escolas da Sé, a iniciativa “A Terra da Escrita”, que integrará diversas actividades, nomeadamente oficinas, sessões de animação, exposições, conferências, tertúlias, encontros com o autor, visitas e a edição de um jornal para divulgação dos trabalhos criados pelos alunos no âmbito do projecto.
“A Terra da Escrita” é um projecto com continuidade, de divulgação e promoção de escritores locais e das suas obras (concelho e distrito da Guarda) nas escolas do concelho da Guarda.
A iniciativa destina-se essencialmente à comunidade escolar e envolverá cerca de 4 480 participantes, entre alunos dos diferentes graus de ensino, professores e restante comunidade. O projecto tem como principais objectivos tornar conhecida da comunidade escolar do nosso concelho a obra de autores ligados à Guarda por nascimento ou pelos afectos; sensibilizar alunos e professores para a importância do trabalho literário dos autores locais; desenvolver, junto dos alunos, laços de identificação com a vida e obra de autores da Guarda ou que escreveram sobre a nossa terra; fomentar o sentido de pertença à comunidade da Guarda, através da língua e da literatura; estimular o espírito crítico em relação ao trabalho criativo de autores conterrâneos e dar oportunidade aos alunos de participarem em várias iniciativas que apelam à criatividade, a partir da obra de autores do distrito.
A edição deste ano, que se prolonga até Junho, dedicará especial atenção a Vergílio Ferreira (autor de referência nacional), Augusto Gil (autor de referência local e regional) e Daniel Rocha (autor contemporâneo, local, que estabelecerá contacto com os alunos).