Gouveia


O Município de Gouveia vai implementar um inovador programa de reutilização de manuais escolares, que permite às famílias poupar até 80 por cento nos livros escolares dos seus filhos, e recuperar parte das despesas com os livros do ano anterior. As famílias portuguesas gastam, em média, 216 euros em manuais escolares todos os anos entre o 5.º e o 12.º ano de escolaridade. Manuais que, apesar de duradouros, na maior parte dos casos acabam numa prateleira, passados apenas 10 meses de utilização. Este problema representa, no todo nacional por ano, uma despesa de quase 200 milhões de euros na produção redundante de novos manuais, a emissão de 20 mil toneladas de dióxido de carbono para a atmosfera e o abate de 40 mil árvores. No concelho de Gouveia, os gastos com manuais ascendem anualmente a 300 mil euros e é preocupação do executivo municipal aliviar a factura das famílias na aquisição destes recursos didácticos, no início do ano lectivo e ao longo de toda a escolaridade obrigatória.
O Município de Gouveia lança o Programa SPIN Gouveia - Programa Municipal de Reutilização de Manuais Escolares, que permite aos munícipes recuperar 20 por cento das despesas com livros dos anos anteriores e poupar 60 por cento do PVP nos manuais para o próximo ano. Está disponível em spingouveia.pt uma plataforma web dedicada e, em breve, uma aplicação móvel (iOS e android) capaz de identificar os manuais através do reconhecimento do código de barras. O procedimento é muito simples: após registar os livros de que já não precisa, basta entregá-los devidamente identificados na escola. Após avaliação e recuperação pela equipa SPIN estarão disponíveis para os outros alunos de Gouveia, e a remuneração respectiva é depositada na sua conta bancária. O projecto SPIN é desenvolvido pela Book in Loop, uma start-up tecnológica, incubada no Instituto Pedro Nunes e na Startup Lisboa, dedicada a trazer as ferramentas da sharing-economy para o sector da educação.