Gouveia

O Município de Gouveia vai recordar Pedro Amaral Botto Machado, assinalando o centenário da sua morte entre os dias 29 de Outubro de 2021 e 31 de Janeiro de 2022. As comemorações começam esta sexta-feira, 29 de Outubro, pelas 15.00 horas, com uma sessão evocativa que terá lugar no Auditório da Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira. Alípio de Melo falará sobre a vida, a obra e o legado deste gouveense abnegado, e Joel Correia apresentará o contributo deixado para o desenvolvimento urbano, social e cultural da cidade.Para dar a conhecer as marcas profícuas da acção de Pedro Amaral Botto Machado numa série de edifícios, estruturas, equipamentos e associações, no dia 30 de Outubro, haverá uma visita orientada por Joel Correia. No dia 1 de Novembro está prevista, pelas 15.00 horas, a romagem ao Cemitério Velho de Gouveia e onde, acompanhados pela Sociedade Musical Gouveense ‘Pedro Amaral Botto Machado’, se prestará homenagem junto ao jazigo deste benemérito gouveense. Até ao dia 31 de Janeiro, data que assinala a revolta de 31 de Janeiro de 1891 no Porto da qual foi acusado de ser incitador, serão promovidas outras iniciativas de homenagem a este vulto maior da história do concelho de Gouveia.