Gouveia

Uma alegada falha na cadeia de frio levou à suspensão temporária da vacinação, em Gouveia. Os utentes vacinados nos dias 2, 3 e 4 de Setembro estão a ser contactados pelas entidades de saúde no sentido de monitorizar a eficácia das vacinas inoculadas. A ULS Guarda explica que “está, entretanto, em curso um inquérito preliminar no âmbito da ARS Centro para apurar o número de vacinas que foram administradas neste contacto”. Em comunicado explica que “dadas as características das vacinas contra a COVID-19, não é expectável que este incidente tenha efeito na saúde dos utentes”.A vacinação em Gouveia foi transferida para Seia.