Figueira de Castelo Rodrigo


Separar e a entregar resíduos de plástico e de tecidos no Agrupamento de Escolas de Figueira de Castelo Rodrigo está a ser recompensado com uma moeda local, pela Câmara Municipal.
Os estudantes e respectivas famílias estão a ser incentivados e recompensados com a moeda “Sustento” em troca de lixo reutilizável.
A autarquia explica que “estes resíduos são depois transformados em produtos de maior duração e que vão ao encontro de necessidades identificadas pela comunidade local (por exemplo, sacos de compras, lancheiras, material escolar reciclado como réguas, cadernos reutilizáveis, estojos) - produtos Sustento, promovendo um consumo mais eficiente e sustentável”.
Com esta medida o Município de Figueira de Castelo Rodrigo paga lixo reutilizável em moeda local, transformando desperdícios em produtos mais sustentáveis.
Recorde-se que o Município de Figueira de Castelo Rodrigo foi financiado pelo Fundo Ambiental Re-Educa, para criar um sistema de economia circular que recompensa a reutilização de desperdícios e a sua transformação em produtos de valor acrescentado, através da criação da moeda local “Sustento”, promovendo assim a adopção de práticas mais sustentáveis no uso eficiente e duradouro dos recursos.
A iniciativa nasce dentro do projecto-piloto “Figueira Circular”, promovido pela Plataforma de Ciência Aberta e pelo Gabinete de Ambiente do Município de Figueira de Castelo Rodrigo, em colaboração com diversas entidades locais.
Consoante os resíduos entregues na escola, cada aluno receberá o montante correspondente em “Sustentos”, que poderão ser utilizados como créditos no acesso ao ginásio ou a bilhetes de cinema.