Incêndios


As medidas preparadas para serem implementadas no âmbito dos levantamentos efectuados no seguimento do incêndio que atingiu a Serra da Estrela, no mês de Agosto, foram apresentadas esta segunda-feira, 12 de Setembro, numa reunião que juntou à mesma mesa a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, os secretários de Estado de várias áreas governamentais, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) e os seis autarcas do Parque Natural da serra da Estrela.
No encontro, os autarcas apontaram as medidas que devem ser tomadas no imediato e abordaram o plano de revitalização da Serra da Estrela.
Pediram que as medidas para proteger “as encostas, as aldeias, as populações, as linhas de água, sejam implementadas rapidamente”.
Os representantes dos municípios do PNSE voltaram a frisar a necessidade de estabilizar os solos, para evitar que a chuva arraste detritos para as linhas de água, como já aconteceu hoje em Sameiro, Manteigas, para que “as populações possam ser salvaguardadas”, indicou.
Recorde-se que a Serra da Estrela foi afectada por um incêndio que deflagrou no dia 6 de Agosto em Garrocho, no concelho da e que foi dado como dominado no dia 13, tendo sofrido uma reactivação no dia 15 e foi considerado novamente dominado no dia 17 de Agosto.