Almeida | Vilar Formoso


Mesmo fora de época, a Feira de Caça, Pesca e Desenvolvimento Rural que decorreu, de 10 a 12 de Junho, no Pavilhão Multiusos de Vilar Formoso, concelho de Almeida, registou grande afluência de público, tendo mesmo casa cheia em muitos momentos. O evento, que habitualmente acontece no mês de Fevereiro, foi adiado devido à situação incerta que se vivia no início do ano, devido ao alastrar da pandemia da Covid19.
A inauguração da XIII Feira de Caça, Pesa e Desenvolvimento Rural contou com a presença da Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, Isabel Ferreira.
O Presidente da Câmara Municipal, António José Monteiro Machado, considerou que “a Feira representa muito do quem temos feito no nosso concelho”. Dirigida essencialmente às famílias e às crianças, destacou as actividades permanentes que integraram o certame, nomeadamente: Expo floresta e canina, com exposição de animais da floresta e plantas autóctones, aves de rapina e exóticas; Expo agro-pecuária, com exposição de animais da quinta, quinta pedagógica e pista de tractores para os mais pequenos e máquinas agrícolas; Expo Pesca com destaque para o maior aquário fluvial da Europa; Expo Ibérica com tiro virtual, artigos de caça e pesca, cutelaria, armas, produtos gastronómicos, artesanato; Expo gastronomia, com tasquinhas.
No espaço de conferências foram apresentadas as iniciativas “Territórios do Côa – O trabalho em prol da região” e “Plano de Valorização dos Recursos Hídricos do Rio Côa”.
Sobre o Plano de Valorização dos Recursos Hídricos do Rio Côa, António José Machado, adiantou que se trata de “um recurso que não está devidamente trabalhado e pode ser um polo de atracção para o concelho”.
Destaque para os espectáculos musicais com as bandas ConTraBand, Budda Power Blues, We Rhythm and Blues, Rui Veloso e Rock Folk. Os concertos, no Pavilhão Multiusos de Vilar Formoso, registaram casa cheia e serviram de ensaio para um grande Festival de Blues e Rock que a autarquia pretende dinamizar já no próximo ano.