Iniciativa abrange os concelhos do Fundão, Mêda, Guarda, Trancoso e Manteigas

O 3.º Ciclo do Abeirar é dedicado ao tema “Rocha”, terá início no dia 2 de Outubro, no Fundão e também vai passar pelos concelhos de Mêda, Guarda, Trancoso e Manteigas. Este evento é uma parceria entre a Rede Intermunicipal Bibliotecas das Beiras e Serra Estrela e da Ciência Cidadã para a Valorização do Território.O aBEIRAr é uma parceria de ciência cidadã que tem como missão potenciar o envolvimento e a participação cívica com a ciência, promover o diálogo entre cientistas e cidadãos e despertar o interesse da comunidade na construção de conhecimento e valorização do território. Este projecto nasce do cruzar de objectivos comuns entre a Rede Intermunicipal de Bibliotecas das Beiras e Serra da Estrela da Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela, a Plataforma de Ciência Aberta – Município de Figueira de Castelo Rodrigo, o Estrela Geopark Mundial da UNESCO e a Universidade da Beira Interior.No Fundão, na Biblioteca Municipal, no dia 2 de Outubro, entre as 9.00 e as 12.30 horas, será apresentado o tema ‘orologia da Gardunha’ de José Inácio Cardoso.A iniciativa prossegue na Mêda com “Chãos de Mêda” de Iracema Leitão, no dia 10 de Outubro, na Casa da Cultura. Na Guarda o autor escolhido é Américo Rodrigues, com “Vir ao nascedoiro e outras histórias”, que será apresentado no dia 16 de Outubro, na Torre de Menagem. São convidados para esta sessão: Anabela Matias, Dulce Helena Borges, Elsa Salzedas e Fábio Loureiro. Em Trancoso a sessão está marcada para 23 de Outubro, no Feital. Em Manteigas este evento vai ter lugar no próximo dia 30 de Outubro. Na parte literária haverá leituras do romance “A lã e neve” de Ferreira de Castro. Será percorrido parte do caminho que a personagem “Horácio” fez entre Manteigas e a Covilhã, com saída do Eirô até à ribeira de Beijames. Vai ter lugar também uma abordagem científica, por Emanuel de Castro e de Pedro Lucas, do Geopark Estrela e Município de Manteigas, respectivamente, sobre as rochas que ali se depositaram há 30.000 mil anos, na última glaciação.A primeira iniciativa de aBEIRAr está a percorrer os 15 concelhos da Comunidade Intermunicipal Beiras e Serra da Estrela, numa sequência de três ciclos, cada um dedicado a um tema central para o território – Água, Céu, Rocha.