Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior 

A ENERAREA – Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior, através do Centro de Biomassa para a Energia, desenvolveu um Estudo que visa apresentar a Viabilidade da Criação de uma Rede de Parques de Logística, e Tratamento de Biomassa Florestal Residual. O objectivo dos Parques de Recolha e Processamento de Biomassa Florestal Residual passa por disponibilizar infraestruturas e equipamentos de processamento de biomassa que incentivem e promovam a remoção da carga combustível existente nos povoamentos florestais.Na linha estratégica de projectos na área da biomassa para a região, a ENERAREA juntamente com um grupo de entidades públicas e privadas de Portugal e Espanha, desenvolvem actualmente o projecto de cooperação territorial transfronteiriça, designado de GEFRECON, GEstão FloREstal CONjunta, que, além de promover a redução do risco de incêndio florestal no território, pretende mobilizar recursos para a implementação de acções para que se alcance a gestão agrupada dos territórios florestais e se minimize o risco de incêndio, valorizando os subprodutos da floresta.Encontram-se em curso cinco planos-piloto de gestão conjunta do território, sendo que dois destes decorrem em Portugal, um promovido pela RNAE/ENERAREA no território das Beiras e Serra da Estrela e o outro pela CIM ALTO MINHO no seu território. Foi ainda desenvolvido recentemente pela ENERAREA, em estreita colaboração com os restantes sócios do projecto uma ferramenta, o GEFRECON_ SIG, para avaliar os recursos florestais existentes nos territórios abrangidos pelo projecto. A ENERAREA está também envolvida no projecto do qual a AMCB - Associação de Municípios da Cova da Beira é parceira – O BIOFRONTERA II – no âmbito da iniciativa Interreg V A – POCTEP numa estratégia territorial energética e ambiental a criação de um projecto piloto Espanha/Portugal de monitorização, vigilância/rescaldo utilizando drones.