Estrela Geopark promove o trabalho em rede com outros Geoparques Mundiais da UNESCO europeus com o Projeto Building Bridges

O Estrela Geopark Mundial da UNESCO (UGGp), em articulação com o Gea Norvegica UGGp, da Noruega, e o Katla UGGp, da Islândia, arranca com o projeto “Building Bridges –Partilha de boas práticas entre Geoparques Mundiais da UNESCO”, financiado pelo Fundo de Relações Bilaterais dos EEA Grants. Assente nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, em especial no ODS 17, “promover parcerias globais pelo desenvolvimento sustentável”, a iniciativa tem o objetivo de formalizar relações e uma atuação mais próxima entre geoparques que integram a rede europeia, e assim fomentar o desenvolvimento e partilha de ferramentas e abordagens inovadoras em prol do desenvolvimento sustentável dos territórios e comunidades. O projeto consistirá em intercâmbios e seminários conjuntos entre as equipas técnicas dos três geoparques para a partilha de conhecimentos e experiências nas várias áreas de atuação intrínsecas na missão de qualquer Geoparque Mundial da UNESCO, como a Conservação do Património Geológico, a Educação e o Desenvolvimento Comunitário, por exemplo. Além disso, os parceiros terão a oportunidade de promover, em terras estrangeiras, o património do seu território e a sua atuação com a exposição “Rochas com História”, que ocorrerá simultaneamente nos três países.Apesar de prever ações presenciais e viagens internacionais, o projeto será adapatado, na sua execução e calendarização, tendo em conta as contingências necessárias para o controle da pandemia.
Os parceiros:O Gea Norvegica UGGp, foi o primeiro geoparque da Escandinávia a integrar a rede mundial de geoparques, em 2006. Traz para a iniciativa a valiosa experiência de 15 anos como um geoparque e a sua sólida atuação nas áreas da Educação para o Património Geológico e no Envolvimento Comunitário. O Katla UGGp integra a rede mundial de geoparques desde 2011, promovendo o seu património geológico de origem vulcânica. Nos dez anos de atuação, destaca-se pelo eficiente trabalho na promoção do Turismo Sustentável e na valorização dos Produtos Locais, além da atuação na área dos Riscos Naturais.O Estrela UGGp, apesar de se apresentar como o mais recente Geoparque Mundial da UNESCO entre os três, oficializado em julho de 2020, lidera esta iniciativa. Contribui com já reconhecida experiência nas áreas da Conservação do Património Geológico, da Educação e da Ação Climática.
EEA Grants, o financiador:Através do Acordo sobre o Espaço Económico Europeu (EEE), a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega são parceiros no mercado interno com os Estados-Membros da União Europeia. Como forma de promover um contínuo e equilibrado reforço das relações económicas e comerciais, as partes do Acordo do EEE estabeleceram um Mecanismo Financeiro plurianual, conhecido como EEA Grants.Os EEA Grants têm como objetivos reduzir as disparidades sociais e económicas na Europa e reforçar as relações bilaterais entre estes três países e os países beneficiários. Para o período 2014-2021, foi acordada uma contribuição total de 2,8 mil milhões de euros para 15 países beneficiários. Portugal beneficiará de uma verba de 102,7 milhões de euros.