Vaticano


No último Domingo, 21 de Dezembro, o Papa Francisco convidou os presentes a viver um Natal “verdadeiramente cristão”, menos centrado em aspectos exteriores, e deixou votos de “esperança”, “alegria e fraternidade” para esta celebração.
“Confiemo-nos à intercessão da nossa Mãe e de São José para viver um Natal verdadeiramente cristão, livres de toda a mundanidade, prontos a acolher o Salvador, o Deus connosco”, disse, perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro, para a recitação do ângelus.