No dia 28 de Maio

O passeio do clero da Diocese da Guarda, ao Mosteiro de Nossa Senhora de Guadalupe (Espanha), que decorreu no dia 28 de Maio, juntou mais de três dezenas de clérigos (padres e diáconos). Em clima fraterno e alegre, o grupo teve oportunidade de rezar e conviver nas muitas horas de viagem necessárias para percorrer as estradas que ligam a Guarda a Guadalupe.
Na homilia da missa, que decorreu na Igreja do Real Mosteiro de Santa Maria de Guadalupe, o Bispo da Guarda pediu aos padres e diáconos para serem instrumentos de evangelização “aproveitando os novos areópagos que Deus põe ao nosso serviço”. D. Manuel Felício incentivou também os presentes a viverem a fraternidade sacerdotal.
O Vigário Episcopal para o Clero, Cónego António Luciano, manifestou grande satisfação pela realização do passeio que considerou “um bom meio de convívio e de partilha entre os clérigos da Diocese”. Em forma de balanço, teceu elogios à organização e pediu o empenho de todos na preparação de iniciativas futuras.
Organizado pelo Instituto Comunhão e Partilha, Fundação Nun´Álvares e Secretariado do Clero, o passeio incluiu uma visita guiada ao Real Mosteiro de Santa Maria de Guadalupe (Cáceres), com destaque para o Museu de Livros de coro e de altar, Museu dos Bordados e telas, Claustro Mudéjar, Museu de Pintura e Escultura, Sacristia e Tesouro de Nossa Senhora.
O Real Mosteiro de Santa Maria de Guadalupe é um mosteiro situado em Guadalupe, na província de Cáceres, Espanha. A construção é uma mistura de estilos gótico, mudéjar, renascentista, barroco e neoclássico, dos séculos XIII ao XVIII.