Igreja

D. José Cordeiro é o novo arcebispo de Braga, sucedendo no cargo a D. Jorge Ortiga, de 77 anos, que tinha renunciado ao atingir o limite de idade imposto pelo Direito Canónico.A nomeação foi feita pelo Papa Francisco, no dia 3 de Dezembro, em comunicado divulgado pela Sala de Imprensa da Santa Sé.D. José Cordeiro tem 54 anos de idade e era bispo da Diocese de Bragança-Miranda desde 2011. Nasceu a 29 de Maio de 1967 em Angola, Vila Nova de Seles, Luanda, tendo vindo para Portugal em 1975 com a família.Foi ordenado padre a 16 de Junho de 1991. Até 1999 foi pároco, formador no seminário da diocese transmontana e capelão do Instituto Politécnico de Bragança, e de 1999 a 2001 frequentou o Pontifício Ateneu de Santo Anselmo, em Roma, obtendo a licenciatura em Liturgia, disciplina em que se doutorou em 2004, no mesmo instituto.O novo arcebispo de Braga foi vice-reitor do Pontifício Colégio Português, em Roma, entre 2001 e 2005, ano em que foi nomeado reitor da instituição, onde se manteve até à sua nomeação para a Diocese de Bragança-Miranda, a 18 de Julho 2011, pelo Papa Bento XVI. Foi ordenado bispo a 2 de Outubro do mesmo ano.D. José Cordeiro preside à Comissão Episcopal da Liturgia e Espiritualidade, da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP); desde 2016, é membro da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, da Santa Sé.É vogal do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa, desde 2017 e delegado aos Congressos Eucarísticos Internacionais, desde 2018.