Vaticano


A Congregação do Culto Divino e da Disciplina dos Sacramentos, organismo da Santa Sé, publicou um documento com coordenadas e metodologias para ajudar sacerdotes e candidatos ao sacerdócio a prepararem as homilias.
De acordo com o serviço informativo da Santa Sé, este “directório de homilética” pretende fornecer um conjunto de “linhas mestras” que “ajudem a inspirar” quer os membros do clero quer os futuros padres para o desempenho da sua missão.
“Articulado em duas partes”, o documento debruça-se sobre “a natureza, a função e o contexto peculiar da homilia”, ao mesmo tempo que enuncia “as coordenadas metodológicas e de conteúdo que o sacerdote deve conhecer” e “levar em consideração ao preparar e pronunciar a homilia”. A obra vai ao encontro da preocupação manifestada pelo Papa na exortação apostólica “A alegria do Evangelho”, onde refere que “a pregação dentro da liturgia requer uma séria avaliação por parte dos pastores”.
“São muitas as reclamações relacionadas com este ministério importante, e não podemos fechar os ouvidos”, escreveu o Papa Francisco.
O “directório de homilética”, já aprovado pelo Papa argentino, sublinha por exemplo a ligação que deve existir “entre a homilia e a Doutrina da Igreja Católica”.
A Congregação do Culto Divino e da Disciplina dos Sacramentos espera que esta obra possa contribuir para que as homilias sejam “realmente uma intensa e feliz experiência do Espírito, um confortante encontro com a Palavra, uma fonte constante de renovação e de crescimento”, como pretende o Papa Francisco.
As traduções do documento nas principais línguas serão realizadas pelo Dicastério, enquanto nas outras línguas a responsabilidade pela tradução será das Conferência Episcopais interessadas.