D. José Ornelas é o novo presidente da Conferência Episcopal

D. José Ornelas, bispo de Setúbal, foi eleito esta terça-feira, 16 de Junho, em Fátima, como presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) para o triénio 2020/2023, sucedendo no cargo a D. Manuel Clemente.A eleição decorreu durante a Assembleia Plenária do organismo católico, inicialmente marcada para Abril e adiada por causa do estado de emergência, face à Covid-19.O novo presidente da CEP, de 66 anos, era vogal do Conselho Permanente da CEP no último mandato e está à frente da diocese de Setúbal desde 2015, ano em que foi ordenado bispo, depois de ter sido responsável mundial pela Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus (Dehonianos).D. José Ornelas tem acompanhado de perto os problemas sociais na Diocese de Setúbal e, mais recentemente, uniu-se às vozes que condenam “o racismo, a injustiça e a exclusão”, sublinhando que estas não têm lugar na Igreja Católica.Como vice-presidente da Conferência Episcopal foi eleito D. Virgílio Antunes, bispo de Coimbra, que era vogal do Conselho Permanente da CEP no último mandato e está à frente da Diocese Coimbra desde 2011, ano em que foi ordenado bispo, depois de ter sido reitor do Santuário de Fátima.Além do presidente e do vice-presidente, o Conselho Permanente inclui cinco vogais: D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa; D. Manuel Linda, bispo do Porto; D. José Cordeiro, bispo de Bragança-Miranda; o cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima; e D. Francisco Senra Coelho, arcebispo de Évora.O secretário da CEP, padre Manuel Barbosa, foi reconduzido no cargo.A Conferência Episcopal Portuguesa procedeu também à eleição dos presidentes das suas sete Comissões Episcopais, para sectores específicos da actividade pastoral, reconduzindo no cargo cinco bispos.As presidências das Comissões Episcopais: Educação Cristã e Doutrina da Fé – D. António Moiteiro, bispo de Aveiro; Pastoral Social e Mobilidade Humana – D. José Traquina, bispo de Santarém; Laicado e Família – D. Joaquim Mendes, bispo auxiliar de Lisboa; Vocações e Ministérios – D. António Augusto Azevedo, bispo de Vila Real; Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais – D. João Lavrador, bispo de Angra; Liturgia e Espiritualidade – D. Anacleto Oliveira, bispo de Viana do Castelo; Missão e Nova Evangelização – D. Armando Esteves, bispo auxiliar do Porto.Foram eleitos os seguintes Delegados: Relações Bispos/Vida Consagrada – D. António Couto, bispo de Lamego; Conselho Superior da Universidade Católica Portuguesa – D. Manuel Clemente, magno chanceler da Universidade, cardeal-patriarca de Lisboa; Comissão dos Episcopados da Comunidade Europeia (COMECE) – D. Nuno Brás, bispo do Funchal; Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE) - Presidente da CEP; Pontifício Colégio Português – Presidente da CEP.