‘A sua misericórdia se estende de geração em geração’ é o tema do 3º Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, expressando assim a ligação com a Jornada Mundial da Juventude de Lisboa.


A Igreja Católica celebra anualmente, no dia 26 de Julho, a festa litúrgica de São Joaquim e de Santa Ana, os avós de Jesus, pais de Maria.
Em 2021, o Papa Francisco instituiu na Igreja o Dia Mundial dos Avós e Idosos, uma celebração anual, no quarto domingo de Julho, este ano a 23 de Julho, junto ao dia de São Joaquim e Santa Ana.
“O tema da JMJ Lisboa 2023 ‘Maria levantou-se e partiu apressadamente’ mostra a jovem Maria que se propôs a visitar sua prima idosa Isabel e proclamar alto, no Magnificat, a força da aliança entre jovens e idosos”, explicou o Dicastério para os Leigos, Família e Vida do Vaticano sobre esta data que este ano acontece poucos dias antes da Jornada Mundial da Juventude, que terá lugar em Lisboa, de 1 a 6 de Agosto.
Perante os actuais desafios de maior longevidade, torna-se necessário encontrar meios e formas de promover qualidade de vida para os mais idosos. As agora designadas unidades residenciais para pessoas idosas, muitas vezes, acabam por ser a solução mais fácil mas nem sempre a mais indicada.
É importante repensar o cuidado dos idosos de uma forma próxima criando meios e equipamentos que envolvam as famílias, de uma forma directa e actuante. O desenraizamento dos mais velhos, dos seus lugares de toda a vida, acaba por criar afastamento e mesmo abandono. Hoje, mais do que nunca, é preciso criar condições de proximidade e familiaridade com os idosos, onde os jovens também se sintam envolvidos e comprometidos.