“Juntos numa só Família Humana” é o tema da Semana Nacional da Cáritas que tem início a 17 de e termina a 24 de Março.

Ao longo destes dias a Cáritas pretende promover uma reflexão sobre a relação com os outros.

Para quem conhece de perto esta instituição dá conta que a missão da Cáritas é despertar para a solidariedade com gestos concretos e reais. Olhando para os números, em 2018 a rede nacional Cáritas registou mais de 120 mil atendimentos. Uma constatação cimentada na realidade de tantos casos que grassam um pouco por todo o país.

Se alargarmos o angulo de visão damos conta de que, a nível internacional, a Cáritas esteve presente ao lado de tantas situações preocupantes, respondendo de forma rápida e eficiente. Basta lembrar o apoio às populações de Moçambique, vítimas das enxurradas (1 730 pessoas apoiadas), no Sudão do Sul, num projecto de apoio à melhoria da segurança alimentar (500 pessoas apoiadas), na Grécia, às vítimas dos incêndios (3 750 pessoas apoiadas), para percebermos a abrangência do campo de missão da Cáritas.

É também importante referenciar o empenhamento da Cáritas nas decisões públicas e políticas fazendo, para isto, um trabalho de influência junto dos principais decisores, a nível nacional e europeu. Neste ponto servem de referência as evidências recolhidas diariamente no terreno através da acção das Cáritas diocesanas.
Destaque para o projecto europeu “MIND – Migrações, Interligação e Desenvolvimento” com o qual a Cáritas quer ser promotora de mudança na forma como é entendido o desenvolvimento sustentável universal e a migração, na União Europeia e no mundo.
Este trabalho só é possível através do envolvimento de vários intervenientes na resolução dos problemas que estão na base da migração forçada e na aposta nos migrantes e refugiados como agentes de desenvolvimento.

Em Portugal, a rede Cáritas é constituída por vinte Cáritas Diocesanas, unidas na Cáritas Portuguesa. A nível nacional a Cáritas conta com 1500 colaboradores profissionais, 80 dirigentes e com a colaboração regular de cerca de 250 voluntários e mais de 5 mil voluntários ocasionais.
Ao longo desta semana somos todos convidados a prestar mais atenção a uma instituição tão próxima das pessoas e que muitas vezes é tão ignorada pelas pessoas.